A garota que eu quero

Resultado de imagem para a garota que eu quero  Markus Zusak ataca novamente! Depois de ler "A menina que roubava livros" (Meu livro favorito, que por incrível que pareça ainda não resenhei!) e  "O mensageiro" (Resenha aqui), resolvi conferir "A garota que eu quero"! Vem ver o que eu achei 💕
  Cameron é um garoto que vive a sombra dos irmãos: Steve é o que saiu de casa, joga futebol e é mega respeitado. Rube vive com os pais, é um verdadeiro garanhão e bem bonito. Sarah trabalha, é linda e ama tirar fotos. E Cameron é... o Cameron. Nunca namorou uma garota, só imagina como uma relação se parece pelas várias namoradas que o irmão traz pra casa. Sua rotina se baseia em passear com Miffy, o cachorro do vizinho, e parar na frente da casa de uma garota todas as tardes, sem nem ao menos esperar que ela saia. 
  Isso até conhecer Octavia, uma garota com quem Rube começou a ficar. Além de linda e simpática, trata Cam com muito carinho. Mas, será que todo esse carinho poderia ser amor? Ele jamais faria algo para magoar o seu irmão, mas também nunca se sentiu assim antes! 

De certo modo, era mais fácil apenas imaginar como seria, em vez de enfrentar a realidade da coisa. Eu podia criar situações ideais e maneiras de agir que me fariam conquista-las. A gente pode fazer qualquer coisa quando não é real. 

Resultado de imagem para darren criss gif





















  Como sempre, o protagonista dialoga facilmente com o leitor, e a gente sente que está conversando com um velho amigo. A história não tem tantas reviravoltas, mas é uma leitura bem gostosa de fazer! A única coisa que me incomodou é que não faço idéia da idade de Cameron, pois ele cita a escola mas não dá muitos detalhes sobre. A capa é bem simples, como de costume não entrega a profundidade da história que está prestes a vir. E claro, o que não poderia faltar: Uma dose de poesia disfarçada. Abaixo, um dos meus trechos favoritos: 

  Qual é a do som de mãos aplaudindo? Por que ele parece um mar de som, como ondas quebrando em cima da gente? Por que faz a maré virar dentro de nós? Talvez seja porque é uma das coisas mais nobres que os seres humanos fazem com as mãos. Digo, os seres humanos cerram as mãos em punhos. Usam-nas para ferir uns aos outros e para roubar coisas. Quando os humanos batem palmas, é o único momento em que se unem para aplaudir outros seres humanos. 

Resultado de imagem para jessica szohr gif

14 comentários:

  1. Olá!

    Concordo com você que as capas dos livros do Mark nunca nos preparam para a profundeza de suas histórias. Adorei conferir suas impressões sobre esse livro, especialmente por ele já ter me sido recomendado inúmeras vezes. Deve ser uma situação bem chata essa que o Cam vive, só espero que ele saia dela da melhor maneira possível e isso inclui não ferir o irmão. haha
    Obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Ainda não li esse livro, mas ja conheço a escrita desse autor e sei que o que não falta em seu texto é intensidade, e fico muito curiosa quanto a este desenvolvimento. Sua resneha me deixou bem motivada e ainda espero ter meu exemplar em mãos. Adorei o trecho que você compartilhou!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  3. Mesmo tento esse livro não associei que era do mesmo autor de A menina que roubava livros. Agora fiquei super curiosa para ler.
    Obrigada pela resenha! Amei!
    www.praxeliteraria.com.br beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá...
    Adorei a resenha!!
    Sabe, também sou muito fã do Markus Suzak! AMQRL e ESM são meus livros favoritos :)
    Já li esse livro e, na verdade, ele é o terceiro volume de uma série. Você sabia? Os livros anteriores são O AZARÃO e BOM DE BRIGA ... Já li todos três e ambos possuem as mesmas características que você mencionou nesse livro. Apesar de ser livros sem grandes reviravoltas , gostei de ler mais do meu querido autor.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Ai ainda não li nada do autor...
    mas recebi várias indicações sobre essa trilogia, e falaram muito bem sobre eles. Preciso pegar aqui nos meus livros, e fazer uma leitura, acredito que vou gostar muito da leitura.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto dessa capa. Tenho vontade de ler esse livro já faz um tempão. Parece ser uma leitura leve e gostosinha. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  7. Oiee, tudo bem? A Menina Que Roubava Livros é um favorito da vida também, assim como Eu Sou o Mensageiro <3 Esse autor é incrível! Gostei da sua resenha e já quero conferir essa leitura também, amei o quote que selecionou!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Eu gostei bastante deste livro, mas assim que o finalizei, descobri que ele era o terceiro de uma trilogia, e quis ler os outros...hehe' não gostei tanto do primeiro, e nem quis conferir o segundo. Fico só com o Cameron mesmo...haha' Achei bem fofo ♥
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  9. Oi. :)
    Sempre quis ler esse livro, mas me faltou oportunidade.
    O autor é desconhecido pra mim, pra ser bem sincera... nunca li nada dele, mas já ouvi falar muito de alguns de seus livros.
    Gosto desse estilo de estória e acho super legal qndo é contada pelo protagonista, o que sempre diferencia a leitura.
    Parabéns pela resenha, adorei os gifs.
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jessica!
    Ah o Markus Zusack sempre consegue fazer suas narrativas terem uma profundidade incrível -- e realmente, sua prosa é quase poética! Eu Sou o Mensageiro é provavelmente o meu livro preferido dele hehe A Garota que eu quero é uma leitura bastante surpreendente porque toma uns rumos que a gente não espera né? E isso é bem legal também.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Até hoje eu só li um livro do Markus Zusack, A menina que roubava livros, e amei muito!! É um dos meus livros preferidos da vida. O problema é que gosto tanto do livro que tenho medo de ler outro livro do autor e me decepcionar um pouco. Sabe quando a gente fica com expectativa muito alta e acaba não sendo o que esperávamos?
    No entanto, sua resenha me deixou bastante curiosa para conferir este livro. Gostei de saber que o protagonista dialoga com o leitor e que há mais reflexões neste livro do que a capa simples deixa transparecer.
    Adorei a resenha e a dica já está anotada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oie tudo bem?
    Olha eu também sou MUITO fã de A menina que roubava livros, ele é um dos meus livros favoritos da vidaaaaaaaaa e quando o li eu fiquei tão apaixonado que sempre que posso, não perco a oportunidade de falar e recomendar ele a alguém.
    Sobre as outras obras do autor, eu ainda não li, porém ainda pretendo sim conferi-las.
    Parabéns pela resenha, beijocas <3

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Não conhecia esse livro, e pra ser sincera, só conheço A menina que roubava livros desse autor, e infelizmente não consegui passar dos primeiros capítulos.
    Talvez não estivesse muito inspirada na época ou o começo seja realmente chato, mas ainda tenho muita vontade de dar uma segunda chance, pois amei o filme e a história!
    De qualquer forma, essa história me pareceu mais leve, apesar da situação entre os irmãos.
    Vou procurar conhecer mais sobre o livro.
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Adoro A menina que roubava livros, acho que é um dos melhores livros que já li na vida, mas não sinto vontade de ler outros livros do autor, pelo menos, não os que estão lançados.
    Algumas amigas já tiveram o prazer de ler esse livro e gostaram muito, elas falaram que sentiram falta de saber a idade, como você disse. Fico contente que você tenha gostado, mas vou passar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir

© Viver em dois mundos - 2016 | Todos os direitos reservados| Tecnologia do Blogger.