PEÇA - Até que o casamento nos separe

  Oi queridos! Hoje, dia 19 de Setembro, é comemorado o dia do Teatro! E coincidentemente, tive o prazer de acompanhar no domingo, dia 17, um espetáculo incrível: "Até que o casamento nos separe", estrelado por Suzy Rêgo e Eduardo Martini, dirigido também pelo mesmo. Então, essa será uma resenha diferente 💜
  O enredo é sobre um casal que está junto a 20 anos e já compartilharam muuuitos momentos hilários! Repleta de bom humor e muitas risadas, a peça é um verdadeiro presente para os fãs de uma comédia leve e gostosa de se assistir. 

Resultado de imagem para até que o casamento nos separe
Cheios de química, encantaram todos 💗
Impossível segurar as risadas com as atuações brilhantes dos protagonistas, e situações que fazem com que a gente se identifique com as trapalhadas do casal. Manias, histórias e muita, mas muita provocação e troca de farpas, tornando o "morde e assopra" ainda mais divertido.
  Além de tudo, todo o show é bastante interativo, fazendo com que o público faça parte de toda a história, desde o casamento! Apesar do humor ser o foco, algumas cenas me emocionaram (principalmente a última). Como não tive muitas experiências no teatro antes, fiquei encantada com a troca de luzes pra ornar com o tema da cena, a rapidez na troca de figurino e toda essa magia do palco. Simplesmente amei e quero muito prestigiar outros shows pra sentir essa sensação de novo! Ah, outra coisa que achei simplesmente incrível foi a presença de um intérprete de libras, tornando toda a experiência acessível para quem quiser assistir! Com certeza, um diferencial especial. 
  Após a peça, tive a enorme honra de encontrar os dois atores, e, cá pra nós, fiquei bastante emocionada!
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, área interna e close-up
Ells (minha melhor amiga), Eu (bem alterada), Suzy (radiante, como sempre) e Eduardo (um fofo, extremamente simpático)
Quer conferir e se apaixonar pelo espetáculo assim como eu? Adquira seu ingresso aqui!

Um adendo!😍
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, área interna




































  Quem me conhece, sabe que a maioria dos meus amores vem de infância. Quando eu amo algo ou alguém, normalmente data de dez anos pra mais! Conheci a Suzy quando tinha por volta de uns 8 anos (ela interpretava uma vilã, e eu sempre AMEI vilões), e me apaixonei imediatamente! Conhecê-la, abraça-la e conversar com ela sempre foi o meu sonho, e eu finalmente o realizei nesse dia. Se foi o melhor dia da minha existência? Com toda a certeza! Uma querida, cheirosa, carinhosa, que fez questão de me homenagear no palco incluindo meu nome e cidade na fala da personagem (se eu pirei? IMAGINA). Se eu for falar tuuudo, esse post vai ter que ser dividido em três! Então, só quero deixar aqui registrado meu amor imenso por essa mulher. Talento puro, energia incrível! 

Ecos

Resultado de imagem para ecos darkside cover  Darkside, já disse que te amo? Porque eu amo! Graças a essa editora ma-ra-vi-lho-sa, eu conheci obras que já se tornaram mega especiais pra mim. Esse é o caso do meu mais novo amor: Ecos 💙
  Escrito por Pam Muñoz, Ecos conta quatro histórias que de alguma forma estão interligadas, um verdadeiro conto de fadas. Primeiramente, conhecemos três irmãs que foram rejeitadas por nascerem meninas, então foram criadas como escravas, sem nome e sem amor, por uma mulher que as acolheu no meio da floresta. Por conta de uma maldição, ficaram presas nessa mesma floresta, até um jovem rapaz com as encontrar e prometer ajuda-las, levando-as em sua gaita para que as mesmas pudessem cumprir o seu destino de estar exatamente no lugar e hora exatos para que fossem libertadas.
  Acompanhamos o instrumento passar por três crianças diferentes, com uma coisa em comum: O dom musical. Friederich nasceu com uma mancha no rosto, marca de nascença. Isso por si só já seria motivo de olhares furtivos, sem contar o fato do garoto ser apaixonado por orquestra e reger sinfonias imaginárias quando bem entende. Adicione isso ao fato de ele viver na Alemanha na época da segunda guerra mundial, e sua família ser totalmente contra o nazismo.

Não importa a música que escolha, deve tocá-la de tal maneira que a platéia não tenha escolha a não ser ouvir com o coração.  
Resultado de imagem para august rush gif

  A terceira história é sobre dois irmãos, Frankie e Mike. Orfãos, moram em um abrigo e lutam para que não sejam separados se adotados. Mike, o mais velho, é apaixonado por piano e é muito adulto para sua idade. Uma mulher decide adota-los, mas tudo parece bom demais para ser verdade. Será que ele deve confiar nela? Ou seria melhor fugir com o caçula?
  E finalmente, a última história é a de Ivy, uma garotinha de origem mexicana que precisa se mudar constantemente por conta da instabilidade financeira dos pais. Com o irmão lutando na guerra após o Pearl Harbor, ela se sente responsável em manter tudo em ordem como consegue. Ao se mudar novamente, descobre uma terrível realidade: Ela teria que estudar em uma escola separada das outras crianças, pois alguns moradores acreditavam que crianças mexicanas não são dignas ou "limpas" o suficiente para conviver em sociedade.

Todos os instrumentos tem uma voz para contribuir. Música é uma linguagem universal. Uma espécie de religião universal. Com certeza é a minha religião. A música supera todas as distinções entre as pessoas.
Resultado de imagem para piano boy gif















  Preconceito, abandono, medo, felicidade, alívio e principalmente: emoção. São muitos os sentimentos vividos ao ler essa história magnífica. Não contarei a vocês as circunstâncias com que a gaita passa por todas essas crianças, nem como a história delas se entrelaça em algum ponto. Mas garanto que é uma das melhores leituras que fiz no ano, e que o final é de chorar de tão perfeito e fechadinho. 
  A edição está maravilhosa, nas cores laranja e azul, páginas coloridas por fora e algumas pretas por dentro. Perfeita, como só a Dark sabe fazer! 

#Throwback: Brasil Game Show

  Percebi por esses dias que nunca contei pra vocês qual foi minha primeira experiência em jornalismo! Então, sentem que lá vem história. (spoiler: foi maravilhosa). 
  Anos atrás, enquanto eu ainda era uma estudante de Turismo, eu e minha amiga (@joycelapatience) queríamos fazer um TCC diferente. A jornalista em mim já estava ansiosa para começar, então resolvemos cobrir a Brasil Game Show, uma feira voltada para gamers de todo Brasil. 
  O evento foi extremamente organizado, entramos muito rapidamente pra aproveitar ao máximo tudo que tinha lá dentro, e tinha muuuita coisa legal! Além dos lançamentos de vários jogos inéditos, rolaram sorteios de brindes, torneios, entrevistas com vários nomes grandes da industria dos games e muuuitos cosplayers e gente bacana, disposta a conversar e tirar muitas fotos! Essas daqui são as minhas favoritas:


Youtubers do canal "Você Sabia?"







Assessora de imprensa Mari Ramalho, nos deu todo o apoio possível!

Graças a assessora de imprensa MARAVILHOSA, conseguimos uma entrevista exclusiva com o criador: Marcelo Tavares!
 E pra quem ficou curioso sobre como ficou o TCC (e a entrevista citada acima), confira aqui um vídeo com um resumo da nossa cobertura: 



Gilmore Girls

  Pra alguns, só de ler o título já vem aquela nostalgia boa e a música de abertura na cabeça. Porém, ainda existem pessoas que não conhecem essa belezinha de série, então eu tenho a obrigação de apresenta-la! 
  Gilmore Girls conta a história de Lorelai Gilmore, uma mulher maravilhosa, engraçada e viciada em café. Totalmente independente, é gerente do hotel local e batalha desde cedo para criar sua filha, Rory Gilmore. Rory é apaixonada por livros, filmes antigos, extremamente inteligente e sonha em ser jornalista. Tudo ia bem até a garota ser aceita em uma escola que sua mãe não pode custear, e a mesma é obrigada a pedir ajuda para seus pais, com quem nunca teve muito contato. Emily e Richard são riquíssimos e sempre quiseram "controlar" o futuro da filha, por isso Lor se rebelou e nunca aceitou ordens de ninguém. Imaginem como foi difícil pedir ajuda a eles depois de tanto tempo!   
  O enredo não conta com tantas reviravoltas, mas é maravilhoso acompanhar o crescimento de todos os personagens, o amadurecimento de alguns e as relações que se desenvolvem ao decorrer da trama. Muitas cenas que me fizeram sorrir, chorar e suspirar. As personagens tem algumas manias que dá muita vontade de aderir. Por exemplo: Em todo aniversário da Rory, exatamente as quatro da manhã, Lorelai vai até o seu quarto pra contar como foi, detalhe por detalhe, o dia do seu nascimento. VÊ se não são umas fofas? Palavras não serão suficientes pra declarar meu amor por essa série, que por sinal, me inspirou a começar com esse blog literário. 
Resultado de imagem para gilmore girls gif
É um estilo de vida. É uma religião.
Gilmore Girls 
Estréia: Outubro de 2000
Finalizada? Sim
7 Temporadas
Episódio Favorito: 7x20 - Lorelai? Lorelai?
Personagem favorito: Lorelai Gilmore, interpretada pela (igualmente maravilhosa) Lauren Graham, tem um lugar bem especial no meu coração, principalmente por ser tão semelhante a minha mãe, que também me criou sozinha. You go, Lor! 

Resultado de imagem para lorelai gilmore gif

Casal Favorito: Lorelai e Luke 💜
Aquele casal que você não sabe se vai dar certo até o último episódio, só resta torcer a série todinha pra ficarem juntos. Claro que não vou entregar se isso acontece ou não. 

Imagem relacionada

Quotes favoritos:

Minha vida não parece real pra mim, a menos que você esteja lá. 

Algumas coisas podem mudar, mas algumas nunca irão.

Não julgue o que você não consegue entender.

E o meu favorito, aquele que deu origem ao nome do blog! 

Eu vivo em dois mundos, e um deles é feito de livros.

Resultado de imagem para rory gilmore reading

© Viver em dois mundos - 2016 | Todos os direitos reservados| Tecnologia do Blogger.